Assuntos que mais Caem no ENEM 2021

Ficar atento as matérias que são cobradas na prova do Enem são bastante importantes para qualquer estudante que vai participar deste exame, isso porque se preparando na base dos assuntos que mais caem no ENEM, você consegue ter uma preparação mais fortificada. Veja quais são os assuntos que mais caem no ENEM 2021 conferindo os próximos tópicos deste post.

Assuntos que Mais Caem no ENEM 2021
Assuntos que Mais Caem no ENEM 2021

Assuntos que mais caem no ENEM 2021 em Português

Para a prova de língua portuguesa é preciso que o estudante passe por uma preparação bem-feita. Para tornar o período de preparação mais proveitoso, o indicado é que o estudante sega alocando mais esforço no estudo dos assuntos que mais caem na prova de português do Enem.

Olhando a situação de um modo mais generalista, nota-se que ao longo dos anos para esta prova foram cobrados assuntos mais relacionados as estratégias argumentativas e discursivas.

Entre os assuntos que mais caem no ENEM 2021 nesta disciplina, encontram-se os seguintes:

  • 28.8% Leitura e interpretação de textos;
  • 18,2% Estrutura textual e análise de discurso;
  • 12,3% Leitura e artes;
  • 8,3% Variação linguística;
  • 8,3% Gênero textual;
  • 8,3% Literatura;
  • 1,2% Relação intertextual;
  • 3,7% Funções da linguagem;
  • 3,7% Gramática;
  • 2,8% Semântica;
  • 2,3% Norma culta x norma popular;
  • 2,1% Figuras de linguagem

Assuntos que mais caem em Inglês

  • 47,1% Leitura e interpretação de textos;
  • 14,2% Leitura e interpretação de cartuns, tirinhas e charges;
  • 12,9% Domínio lexical;
  • 10% Análise e interpretação de poemas e canções;
  • 7,1% Identificação da função do texto;
  • 5,7% Diversidade linguística;
  • 2,9% Diversidade cultural;

Assuntos que mais caem em Espanhol

  • 57,1% Compreensão e interpretação textual;
  • 12,9% Semântica/domínio lexical;
  • 7,2% Funções da linguagem;
  • 5,7% Leitura e interpretação de charges e tirinhas;
  • 5,7% Identificação de função do texto;
  • 4,3% Análise de texto literáio em prosa;
  • 2,9% Análise e interpretação de músicas e poemas;
  • 1,4% Leitura e artes;
  • 1,4% Figuras de linguagem;
  • 1,4% Diversidade cultural;

Assuntos que mais caem em Matemática

Para a prova de matemática também há necessidade de se ter uma certa cautela nos estudos.

Na lista dos assuntos que tem mais chances de serem encontrados nessa prova, acham-se os seguintes;

  • 26,3% Geometria;
  • 12,8% Aritmética;
  • 12,1% Escala, razão e proporção;
  • 9% Funções;
  • 8,3% Porcentagem;
  • 8,3% Gráficos e tabelas;
  • 6,8 Estatística;
  • 5,9% Probabilidade;
  • 2,6% Equações elementares;
  • 2,5% Sequênciais;
  • 2,2% Análise combinatória;
  • 1,7% Números inteiros e reais;
  • 1,1% Trigonometria;
  • 0,3% Notação científica;
  • 0,1% Matriz

Assuntos que mais caem no Enem 2021 em Física

A prova de física do Enem é uma das mais famosas por conta do conteúdo que ela apresenta. Por conta disso, há necessidade de seguir com a preparação para a prova tomando em consideração os assuntos que mais são exigidos na prova desta disciplina no Enem.

Confira os assuntos que mais caem no ENEM 2021 em física, já a seguir:

  • 30,3% Mecânica;
  • 24,6% Eletricidade e energia;
  • 19% Ondulatória;
  • 17,1% Termologia;
  • 9% Óptica;

Assuntos que mais caem em História

Devido a carga de matérias que normalmente são achadas na prova do ENEM 2021 de história, é preciso que você siga com a preparação para esta prova considerando todas as principais matérias desta prova.

É necessário fazer a seleção das matérias que mais saem para que tenhas facilidade na sua preparação e proveito nos estudos.

Sendo assim, ao preparar os seus estudos para a prova de história considere focar sua preparação nas seguintes matérias desta disciplina:

  • 15,4% do tema Idade Contemporânea;
  • 9,9% Brasil colônia;
  • 7,5% Brasil império;
  • 7,2% História política;
  • 5,8% Movimentos sociais;
  • 5,8% Patrimônio histórico-cultural e memória.
  • 5% Era Vargas;
  • 4,6% Primeira República (1889-1930);
  • 4,3% Idade Moderna;
  • 4,1% Idade Antiga;
  • 3,5% Tecnologia da informação, meios de comunicação e arte;
  • 3,5% Cidadania;
  • 3,5% Identidade cultural;
  • 3,2% Idade Média;
  • 2,9% Ditadura Militar (1964-1985);
  • 14,1% Outros.

Assuntos que mais caem em Filosofia

  • 21,1% Ética e justiça;
  • 15,3% Natureza do conhecimento;
  • 12,9% Democracia e cidadania;
  • 12,9% Filosofia contemporânea;
  • 11,8% Filosofia moderna;
  • 10,6% Filosofia antiga;
  • 8,2% Relações de poder;
  • 2,4% Surgimento da filosofia;
  • 2,4% Intolerância;
  • 2,4% Filosofia medieval;

Assuntos que mais caem em Sociologia

  • 25,2% Mundo do trabalho;
  • 13,7% Ideologia;
  • 11,6% Cultura e indústria cultural;
  • 11,6% Meios de comunicação, tecnologia e cultura de massa;
  • 9,5% Cidadania;
  • 8,4% Movimentos sociais;
  • 7,4% Identidade de gênero;
  • 6,3% Organização científica do trabalho (taylorismo e fordismo);
  • 4,2% Desigualdades sociais;
  • 2,1% Conflito de terra e violência;

Assuntos que mais caem em Geografia

  • 19,1% Geografia agrária;
  • 17% Meia ambiente;
  • 14,1% Questões econômicas e globalização;
  • 11% Geografia urbana;
  • 8,1% Geopolítica;
  • 8,1% Demografia e cultura;
  • 7% Geografia física;
  • 5% Tecnologia, transportes e comunicação;
  • 4,6 Indústria;
  • 4% Energia;
  • 2% Cartografia;

Assuntos que mais caem em Biologia

A memorização das legendas e figuras é bastante importante na preparação para a prova de biologia, sendo assim, é necessário que você desenhe um plano bem inteligente para os seus estudos nessa disciplina.

Na hora de preparar os seus estudos não deixe de considerar os assuntos que mais são cobrados na prova de Biologia no Enem, pois o estudo deles facilitará bastante a sua preparação, te permitindo obter o máximo de proveito nos estudos. Veja quais são os assuntos que mais são cobrados, já abaixo:

  • 19,4% Humanidade e ambiente;
  • 11,3% Citologia;
  • 11,3% Histologia e fisiologia (animal e humana);
  • 8,1% Fundamentos da ecologia;
  • 7,8% Biotecnologia;
  • 7,8% Microbiologia e doenças associadas (parasitologia);
  • 5,7% Cadeias e teias( fluxo de energia);
  • 5,7% Evolução;
  • 4,2% Biologia molecular (inorgânica e orgânica);
  • 4,2% Biomas;
  • 2,8% Genética mendeliana;
  • 2,8% Botânica;
  • 2,5% Genética molecular;
  • 2,1% Embriologia e reprodução;
  • 1,4% Método científico;
  • 2,9% Outros*;